Clipping

Sindicato de Curitiba vai ajudar vítimas de enchentes

As vítimas dos alagamentos do último fim de semana na capital paranaense vão ganhar uma nova ajuda, desta vez dos metalúrgicos da Grande Curitiba. A categoria aprovou a doação de horas de trabalho para ajudar as famílias atingidas pelo temporal que castigou a cidade entre a noite do último sábado (3) e a madrugada de domingo (4). Ao todo, os metalúrgicos já conseguiram arrecadar cerca de R$ 150 mil.

A proposta foi apresentada aos trabalhadores pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba (SMC), que sugeriu que cada trabalhador doasse R$ 10 de um dia de trabalho para a causa. Desde a última segunda-feira (5), 15 mil funcionários das empresas Renault, Volvo, CNH, WHB, AAM e Trüzschler aceitaram participar. De acordo com o SMC, outras assembleias devem ser realizadas nos próximos dias, o que deve aumentar ainda mais o valor levantado.

“A situação dessas famílias é muito triste e a gente como um Sindicato Cidadão se sente na obrigação de tentar amenizar essa dor. A ideia é simples, mas eficiente: se cada um ajudar um pouco, com R$ 10, juntamos um valor que com certeza vai minimizar muitos transtornos causados por esse temporal”, afirma o presidente do SMC, Sérgio Butka.

O montante será repassado para entidades de assistência social, como a própria Fundação de Ação Social (FAS) da prefeitura, que também iniciou uma campanha para receber doações. Segundo a administração municipal, o temporal do fim de semana afetou mais de 1.500 pessoas na capital, danificando 300 casas e deixando 200 famílias desalojadas. Após as chuvas, equipes de limpeza recolheram quase 350 toneladas de entulho das áreas afetadas.

Fonte: Tribuna do Paraná