Notícias > De Olho em Brasília, Vida do trabalho

Imagem

SINDICATO DOS METALÚRGICOS DA GRANDE CURITIBA LAMENTA E REPUDIA PERSEGUIÇÃO POLÍTICA DO EX-PRESIDENTE LULA

Neste dia triste para todos aqueles que acreditam na Democracia, os Metalúrgicos da Grande Curitiba se unem aos milhões de brasileiros que lamentam e repudiam o injusto decreto de prisão do ex-presidente Lula, o maior líder político e defensor dos trabalhadores da nossa era, expedido na tarde desta quinta-feira (05 de abril). 

Prestamos total apoio ao ex-presidente, que há muito vem sendo perseguido por uma justiça parcial a serviço do grande capital e de uma direita conservadora. Usando a falsa desculpa de combater a corrupção, a justiça brasileira tem sido usada como ferramenta de perseguição política por aqueles que não aceitaram um governo popular e preocupado em oferecer mais qualidade de vida para os trabalhadores. Esse julgamento, condenação e decreto de prisão acelerados são a prova de que o único objetivo destas ações é impedir que Lula seja candidato e volte a liderar um Brasil mais justo, como fez bravamente durante 8 anos.

Lula representa a todos que lutam por uma sociedade mais democrática e justa e, por isso, sua prisão acelerada e sem fundamentos não pode ser aceita de cabeça baixa pelos trabalhadores de todo o Brasil. Se ficarmos calados neste momento estaremos abrindo portas perigosas para que novos líderes populares sejam presos e perseguidos politicamente como se estivéssemos em uma nova Ditadura. 

Pedimos também que todos que acreditam na Democracia e que lutam pelos direitos da classe trabalhadora, se juntem a nós em repudio ao que está sendo feito neste momento pela justiça brasileira e pelo grande capital. 

Sérgio Butka, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos, da Força Sindical do Paraná e da Federação dos Metalúrgicos do Paraná.

Comente esta notícia