Notícias

Imagem

Para trabalhadores do Paraná, Ratinho Jr. se compromete a gerar empregos de qualidade no estado e garantir a liberdade de atuação dos sindicatos

O candidato também se comprometeu com a volta do crescimento da economia do estado e com a modernização do Paraná em diversos setores

O candidato ao governo do Estado Ratinho Jr. esteve na sede do Sindicato dos Metalúrgicos na manhã desta segunda-feira (3) para ser sabatinado pelos líderes sindicais da Força Paraná. O candidato do PSD se mostrou compromissado com a retomada da economia do Paraná, o avanço na educação pública e com a geração de empregos, garantindo que, se for eleito, estas serão bandeiras principais do seu governo. O encontro faz parte do projeto “Eleições 2018: O Brasil tem Jeito”, iniciativa da Força Sindical que coloca frente a frente para um debate candidatos e líderes sindicais do Paraná.

Durante mais de 1h o candidato falou abertamente sobre suas propostas, explicou como irá fazer para atrair mais indústrias, trazendo tecnologia e gerando empregos no Estado. De acordo com Ratinho Jr. nosso estado produz muitas riquezas, principalmente no setor do agronegócio, e se as indústrias de processamento e enriquecimento destes produtos forem valorizadas, milhares de empregos diretos serão gerados.

“É assim que podemos fazer a roda da economia girar. Começando por essas indústrias a gente gera os empregos diretos. De forma indireta iniciamos também a movimentação do pessoal da construção civil, por exemplo, que irá fazer a construção destas outras empresas. Esse é só o começo e um exemplo simples do que pode ser feito”, destacou.

Além da economia, Ratinho Jr. também mostrou sua preocupação com a educação pública do Paraná. Tomando exemplos internacionais, o candidato trouxe propostas de valorização das escolas estaduais e apresentou também o projeto “Escola Segura”, no qual colocará policiais recém aposentados, “ainda com vigor físico, preparo e pouca idade” na porta de cada escola estadual:

“Muitos policiais se aposentam cedo e ainda podem contribuir muito com a nossa segurança pública. São policiais com cerca de 50, 55 anos de idade que ainda têm todo o preparo físico e treinamento para garantir muitas coisas que precisamos hoje. Farão a segurança nas escolas, inibindo a bandidagem, protegendo nossos alunos de aliciamentos e brigas e garantindo também a segurança dos professores, que muitas vezes são agredidos por maus alunos”, explicou o candidato.

Valorização dos servidores, ampliação das redes de saúde pública e projetos para a acessibilidade no estado também foram apresentados aos trabalhadores. Ratinho ainda respondeu aos questionamentos sobre a situação dos Hospitais, postos de saúde e impostos nas contas de água, luz e IPVA. Quanto a isso garantiu que no seu governo trabalhará para que estes valores sejam reduzidos gradualmente, “a gente vai garantir uma redução gradual para que não passemos pela mesma situação do Rio Grande do Sul, que hoje é um estado economicamente quebrado”.

Na finalização do evento, Ratinho ainda firmou mais dois compromissos com os trabalhadores. O primeiro deles é, se for eleito, irá governar com a ajuda dos líderes sindicais, chamando sempre para o diálogo e participação nas decisões que afetam a economia e os empregos no estado. Já o segundo compromisso é de que, no seu governo, fará do Paraná o estado mais moderno e que mais cresce no Brasil.

Além dos compromissos Ratinho ainda fez uma avaliação da iniciativa da Força Paraná de chamar os candidatos para uma sabatina. Segundo o candidato, uma situação extremamente positiva, pois mostra disposição ao debate com todos e que beneficie a população, construindo juntos um Paraná cada vez melhor.

Sérgio Butka, presidente da Força Paraná, também avaliou como positiva a vinda do candidato até a sede do Sindicato:

“Estamos muito satisfeitos com este encontro, pois nos mostra a disposição e abertura para o debate de um candidato ao governo. Ratinho veio hoje aqui e mostrou propostas muito interessantes. É um candidato que vem de peito aberto receber as propostas dos trabalhadores e isso sempre é positivo, já que, infelizmente, grande parte dos candidatos não topam qualquer tipo de diálogo, pois só estão comprometidos com empresários e não com nós, trabalhadores”, avaliou Butka.

Estiveram presentes no encontro desta segunda-feira outras lideranças políticas do Paraná como Valdemar Jorge, presidente do PRB-PR e os vereadores Rogério Campos e Airton Silva.

Eleições 2018: O Brasil tem Jeito

O projeto da Força Sindical já trouxe várias lideranças para o debate com os trabalhadores. Só nos últimos dias estiveram presentes na sede do Sindicato nomes como: Ciro Gomes, Roberto Requião, Gleisi Hoffmann, Miriam Gonçalves, Dr. Rosinha e Requião Filho. Outros políticos também estiveram presentes para acompanhar o encontro, nomes como Carlos Lupi, Nelton Friedrich, André Menegotto, Gustavo Fruet, Rogério Campos, Jô Baka, Airton Silva e Vanhoni.

A previsão é de que outros candidatos confirmem suas presenças já nos próximos dias, em breve as datas oficiais da continuação serão divulgadas. Para saber em primeira mão é só ficar ligado nos sites oficiais da Força Paraná e do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia