Notícias

Imagem

Senadores e Deputados recebem 1º Prêmio "Getúlio Vargas", um reconhecimento da atuação em defesa dos trabalhadores

O Prêmio é uma iniciativa da Força Paraná e coroa o mandato daqueles que, ao final da atual Legislatura, nunca votaram contra os trabalhadores

A manhã desta segunda-feira (17 de Setembro), sem dúvidas, entra para a história do movimento sindical brasileiro. Neste dia, a Força Paraná, pela primeira vez, premiou Senadores e Deputados que nos momentos decisivos sempre votaram ao lado do trabalhador. Ao todo, dois senadores, dois deputados federais e seis deputados estaduais receberam o prêmio das mãos das grandes lideranças sindicais do Paraná, em evento realizado na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba.  

Levando em conta dados do Diap, no âmbito nacional, e do Diesse, no âmbito estadual, foram selecionados os nomes daqueles senadores e deputados que jamais falharam na defesa dos direitos trabalhistas. No cenário federal foram levadas em cosiderações as seguintes votações: Reforma Trabalhista, a Lei da Terceirização, a PEC do Teto, a Entrega do Pré-Sal, a MP das Petroleiras e o chamado Distritão. Já no cenário estadual, as votações selecionadas foram: A Taxação dos Aposentados, o Aumento de Impostos Estaduais, as Mudanças na Previdência, o Pacote Anticrise de Beto Richa, a Venda das Ações nas Estatais e a Suspensão do Reajuste dos Servidores. 

Do cruzamento de dados, os poucos nomes que mostraram que estão realmente ao lado dos trabalhadores e, portanto, agraciados com o 1º Prêmio "Getúlio Vargas" foram:

Senadores

Gleisi Hoffmann (PT)
Roberto Requião (MDB)

Deputados Federais

Aliel Machado (PSB)
Assis do Couto (PDT)
Deputados Estaduais

Evandro Araújo (PSC)
Gilson de Souza (PSC)
Marcio Pacheco (PPL)
Nelson Luersen (PDT)
Requião Filho (MDB)
Tadeu Veneri (PT)
Tercílio Turini (PPS)

De acordo com o presidente da Força Paraná, Sérgio Butka, o prêmio não poderia vir em melhor hora, já que o fim da atual Legislatura se aproxima:

“Vivemos um período complicado no Brasil. Muitos ataques aos trabalhadores e aos direitos do povo foram orquestrados por um Congresso alinhado apenas com os interesses dos empresários. Mas, mesmo com tudo isso, temos bons exemplos de políticos que provaram ser possível não ceder ao governo e suas maracutaias. São poucos nomes, mas nomes que precisam ser valorizados. Por isso, estamos muito honrados em premiar estes que carregaram o piano nas costas junto com os trabalhadores”, destaca Butka.

Em seus discursos de agradecimento os senadores e deputados também destacaram a importância da valorização de quem sempre defendeu o trabalhador. De acordo com os premiados, é muito comum que se denuncie aqueles que estão contra nós, mas, muitas vezes, acabamos esquecendo de dar voz aqueles que estão ao nosso lado.

Tadeu Veneri, um dos Deputados Estaduais premiados, fez questão de relembrar que, em sua trajetória de "mais de 40 anos em defesa do trabalhador, nunca soube ou recebeu um prêmio com este teor". Segundo Veneri, só esse fato, de ser uma premiação inédita no Brasil já um dos grandes motivos pelos quais esta iniciativa precisa ser ainda mais celebrada. 

Assis do Couto, um dos poucos Deputados Federais paranaenses a receber a honraria, destacou que "receber este prêmio valoriza não só um passado de luta em defesa do trabalhador, mas também simboliza um compromisso de continuar firme nestas posições". O Deputado aproveitou a ocasião para garantir que "jamais votará contra os trabalhadores enquanto estiver na política".

O evento de premiação contou também com a presença dos presidentes das seguintes lideranças da Força Paraná: 

- Senhor Sérgio Butka, presidente da Força Paraná, do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba, dos Metalúrgicos do Paraná e idealizador desta premiação.

- Senhor Anderson Teixeira, vice-presidente da Força Paraná e Presidente do Sindicato dos Motoristas e Cobradores de Ônibus de Curitiba e Região, o Sindmoc.

- Senhor João Antonio Lozano Baptista, presidente do Sindicato dos Estivadores de Paranaguá e Pontal do Paraná, o Sindestiva.

- Senhor Sebastião Raimundo, vice-presidente da Força e da Federação dos Metalúrgicos do Paraná e também presidente dos Metalúrgicos de Londrina.

- Senhor Divanzir Chiminacio, vice-presidente da Força Paraná e presidente da Federação dos Contabilistas do Paraná, a Fecopar.

- Senhor Alfani Alves, Secretário de Relações Sindicais da Força Paraná, Secretário-Geral da Federação dos Metalúrgicos do Paraná e também Secretário de Assuntos Sindicais da Confederação dos Trabalhadores Metalúrgicos, a CNTM.

- Senhora Susana Beatris Güthner Arrua, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Gráficas do Estado do Paraná.

- Senhor Pedro Celso, secretário-geral da Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos.

- Senhor Airton Ferreira da Silva, presidente Sindicato dos Trabalhadores na Indústria de Fósforos de Curitiba e Região e vereador de Pinhais. 

- Senhor Romerio Moreira Da Silva, presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Fiação e Tecelagem de Curitiba e Região. Também é secretário de finanças adjunto da Força Paraná e vice-presidente da FETRACCOVESTT – Paraná.

- Senhora Neuralice Cesar Maina, diretora da Secretaria da Mulher da Força Paraná e presidente do Sindicato das Secretárias e Secretários do Estado do Paraná.

- Senhor Pedro Paulo da Silva, presidente do Sindicato Nacional dos Aposentados Curitiba, diretor da Secretaria de Direitos Humanos e Raciais da Força Paraná e conselheiro Fiscal dos Metalúrgicos da Grande Curitiba.

- Senhora Regina de Cássia Guimarães, Secretária de Setores Econômicos da Força Paraná e presidente do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Curitiba e região.

- Senhor Ari Martins da Silva Pinto, vice-presidente da Força Paraná, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Pato Branco e secretário da Federação dos Metalúrgicos.

- Senhor Sebastião dos Santos Simões, presidente do Sindicato dos Metalúrgicos de Cascavel e tesoureiro da Federação dos Metalúrgicos do Paraná.

- Almir Pereira Monteiro, conselheiro fiscal da Federação dos Metalúrgicos do Paraná e presidente do Sindicato dos Reparadores de Veículos e Acessórios do Paraná.

 

A próxima edição do Prêmio "Getúlio Vargas", iniciativa da Força Paraná, está previso para 2022, quando novamente se fecha um ciclo na política nacional. 

"Esperamos que este prêmio também ilumine quem recebeu, para que a gente possa continuar contando com estas firmes posições dos nossos Deputados e Senadores. Espero encontrar todos que aqui estiveram aqui hoje novamente em 2022", finalizou Butka.

Veja as fotos dessa notícia

Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem
Imagem

Comente esta notícia