Notícias

Imagem

PAUTA DOS TRABALHADORES: COMO FOI VOTADA NO CONGRESSO?

O DIAP, em cumprimento à sua missão institucional, apresenta contribuição para o processo eleitoral de 2018, oferecendo aos eleitores, em geral, e aos trabalhadores, em particular, 3 publicações que poderão ajudar na orientação do voto e na identificação do comportamento dos atuais parlamentares — deputados e senadores — em temas relevantes para a cidadania.

A 1ª publicação é 1 “Diagnóstico”, que (LEIA CLICANDO AQUI):

1) mapeia os cargos em disputa;

2) apresenta informações quantitativas e qualitativas sobre os eleitores;

3) apresenta o número de partidos habilitados a participar do processo eleitoral;

4) divulga a distribuição das vagas no Congresso por estado;

5) faz breve histórico com as características das 7 últimas eleições presidenciais;

6) apresenta o nome dos candidatos à eleição presidencial e suas respectivas coligações;

7) divulga o tempo de rádio e TV;

8) traz informações sobre os recursos do fundo eleitoral;

9) trata dos principais indicadores políticos e eleitorais dos candidatos; e

10) trata de informações sobre os atuais deputados e senadores, com estatísticas e dados sobre os cargos que disputam, sobre suas bases eleitorais e principalmente como votaram em 3 temas de interesse direto dos trabalhadores: o congelamento do gasto público, a terceirização e a Reforma Trabalhista.

A 2ª, que também será divulgado antes das eleições, vai ser o “Prognóstico”, que antecipa as tendências da eleição, tanto para a Câmara dos Deputados quanto para o Senado. Foram considerados no “Prognóstico”, as pesquisas eleitorais, a estrutura de campanha dos candidatos, as coligações em cada estado e os demais recursos de campanha, que emglobam tempo de rádio e TV, palanques, dobradinhas, cabos eleitorais, nomes conhecidos e serviços prestados, entre outros.

A 3ª, “Radiografia do Novo Congresso”, que será publicada após as eleições, trará avaliação global da eleição presidencial e estudo detalhado com o resultado do pleito para os governos estaduais, Câmara e Senado, com informações sobre índice de reeleição e novos, nomes e profissão e perfil político e ideológico do próximo Congresso.

O objetivo da divulgação do “Diagnóstico”, a 1ª das 3 publicações, é estimular o engajamento no processo eleitoral, seja em defesa da reeleição daqueles que honraram seus mandatos, seja na perspectiva de denunciar aqueles que votaram de modo diferente do que prometeram na campanha eleitoral.

O cidadão vai encontrar nesta publicação 3 informações fundamentais sobre os atuais parlamentares — deputados e senadores:

1) que cargo disputarão,

2) como votaram nas 3 matérias mais relevantes da legislatura, e

3) quais são os “redutos eleitorais”. Com isto, é possível divulgar o comportamento desses parlamentares para seus eleitores, diretamente nas bases eleitorais.

Comente esta notícia